quarta-feira

Anti-wrestling

Diz-me quem passou hoje pelo Colombo que havia filas intermináveis na Worten ao início da tarde. Sem promoção de Natal à vista, aquela gente (adultos e crianças) aguardava uma sessão de autógrafos dos seus heróis de Wrestling.
Não arranjo palavras para ilustrar a minha repulsa por aquilo. E não entendo como é que há pais que, além de não proibirem, até incentivam o gosto por aquela luta idiota. E depois há meninos que vão para a escola falar (e sabe-se lá que mais) no John Cena e o John Cena acaba por querer entrar em casa de outros meninos que não vêem (porque os pais são "maus"). E quando dão por eles estão a pedir para o Natal o jogo para a playstation. E os bonecos do Wrestling. É incrível como as relações de grupo podem dinamitar o sossego caseiro. Mas há coisas em que não capitulo. Não é preciso ler especialistas para perceber que aquilo é prejudicial. Sugiro mesmo um movimento contra esta porcaria.

4 comentários:

Anónimo disse...

e eu sugiro-lhe um workshop de tricot, isso é que é lazer de qualidade.

Anónimo disse...

Cara Susana,

Concordo plenamente, escrevi até um post no meu blog sobre isso, fazendo um link para este seu post.

Anónimo disse...

sugiro k voces criem um workshop pa paneleiros que o que voces todos sao. O wrestling mt diferente do k as crianças dizem porque essas n tem a capacidade de entender. Sugiro que se informem antes de falarem mal de alguma coisa

ass: fa de wrestling

bruno MC disse...

concordo totalmente com o fa de wrestling, eu quero ser lutador, ja fui lutar na apw e e essa profissao k vou seguir, agora ''o wrestling para alguns e uma farsa e para outros e uma paixao'', se para vos e uma farçam, vao enfiar o dedo no cu, eu também nao gosto de muita coisa e nao ando a escrever blogs contra isso cabrões!