terça-feira

Grafitar

Eu prefiro Tintas Ripolin. Já me tentei armar em socióloga em busca da interpretação do fenómeno mas irrita-me esboços de arte nas paredes publicas. Há alguns que se deliciam apenas a experimentar os sprays...Infelizmente não é o meu alter-ego capitalista a falar mas a minha mania de achar que a minha liberdade acaba quando começo a chatear a liberdade do outro...E, não, ainda não me pintaram a casa, mas quando vejo paredes a brilhar riscadas por artistas de passagem, chateio-me. Acho que é uma falta de respeito pelo(s) outro(s).
Façam blogs, pá !

10 comentários:

escola de lavores disse...

'Tás danada por uma polémicazinha... Vou marcar-te uma visita guiada por alguns graffitis desta cidade para te fazer mudar de opinião. Uma coisa é experimentar os tais sprays, outra são as verdadeiras obras de arte urbana - mas em arte sou uma ignorante! No post há um link para um trabalho de alunos de Comunicação da FCSH. ok,... não são sociólogos...

susana disse...

Mas na vida real eu fujo da polémica...juro !

madalena disse...

E o meu prédio lindo do século XVIII acabadinha de pintar, o que custou tanto ao condomínio, mesmo em frente à Maçonaria e que viu a sua fachada assassinada com uns rabiscos sem sentido. Viva a arte pública, mas se for só para sujar mais vale estarem quietos.

madalena disse...

E o meu prédio lindo do século XVIII acabadinha de pintar, o que custou tanto ao condomínio, mesmo em frente à Maçonaria e que viu a sua fachada assassinada com uns rabiscos sem sentido. Viva a arte pública, mas se for só para sujar mais vale estarem quietos.

dina disse...

Partilho a dor da Madalena. Já me aconteceu o mesmo logo a seguir a uma pintura que custou os olhos da cara. No meu caso a "arte" foi feita sobre pedra, o que obrigou a uma limpeza especial, paga e cara.

Marisa disse...

De uma coisa tenho a certeza: pela minha rua (mais concretamente pela minha novinha em folha casa) já passou um tipo chamado Kadafi. E posso dizer que não tem muito jeito para as artes gráficas.

Ana disse...

O que vale é que onde eu moro nunca ninguém se lembrou de vir rabiscar nas paredes.
Concordo com a Luísa... há graffitis lindos... e há outras coisas que são feitas por pura maldade, só para chatear os outros. E claro que nestes casos não têm piada nenhuma. Lembro-me de há uns anos ver um programa em que se sugeria criar espaços para artistas de graffitis. Funcionaria como uma exposição de arte pública, com a particularidade de estar a ser sempre renovada... iria gostar de ver.

susana disse...

Um espaço para grafitis, isso parece-me bem. Assim ninguem incomoda ninguem

Anónimo disse...

Very nice site! Indian fat ass

Anónimo disse...

Very nice site! memory cards bulk email advertising 20 Facelift access 401k laws Overseas pharmacies selling adderall Cellu sculpt consumer report avon anti cellulite cream voyeurs movies Baccarat casino online 0 0480 order cheap viagra search results - bulk email list targeted Brass cartridges Listen to china roses necklace and earring The mailing lists series - email midnight sun and cruise tanning salon Free bulk email listings email marketing Optimization for high search engine ranking blowjob videos Opt-in canadian email lists