terça-feira

E têm fama de falar muito...

Partindo da ideia de que há mais blogs feitos por homens do que por mulheres, Paulo Gorjão na Bloguitica , questiona os factores que conduzem tambem a esta menor apetência feminina. Para ele, os entraves que explicam a fraca participação das mulheres na vida publica não se colocam na blogosfera. Em parte, acho que tem razão. Aqui, não é preciso sair de casa, arranjar baby-sitter, acertar o relógio. Então por que será ? (Nós tambem só começámos agora) O que é que acham ?

(Marisa, estou a pensar nas palavras)

4 comentários:

escola de lavores disse...

"os entraves que explicam a fraca participação das mulheres na vida pública não se colocam na blogosfera": é verdade. Mas muitas mulheres trabalham mais ainda em casa, em tarefas domésticas nem sempre partilhadas... (lamento dize-lo; se calhar nem se aplica a este blog, que, curiosamente, tem um tráfego especialmente intenso a certas horas).

madalena disse...

É só mais uma barreira que temos que derrubar. Eu por mim vou fazer o possível para assegurar o meu contributo de "género" na blogosfera. Mas acho que às vezes o meu dia devia ter 72 horas para conseguir fazer tudo. Porque a regra - 8 horas para trabalhar; 8 horas para dormir; oito horas para lazer- há muito que não é cumprida e o trabalho parece "comer" o dia inteiro. É a nova escravatura!

SM disse...

O FadoFalado tem um espécimen raro no meio da testosterona. Considero-me ali no meio do covil, uma espécie de reduto do Astérix. O elo é forte, ainda que em minoria. Ali não é necessária a quota, que eles dão-me e dou três vezes mais.

Sou má, má, má.


SM

Anónimo disse...

Wonderful and informative web site. I used information from that site its great. »