segunda-feira

Ministro blogger

Sublinhe-se a celeridade com que o ministro da admnistração interna reagiu ao post da Dina.
Já tinha notado a atenção que elementos do governo dedicam à blogosfera mas nunca tinha visto um ministro a reagir por aqui.
Registo que um incidente numa visita ao estrangeiro merece de Rui Pereira aquilo que outros bloggers não conseguiram. Por exemplo, sexta-feira passada, quando muitos comentaram os numeros que escaparam do relatório da segurança interna de 2008.
Escala de prioridades, naturalmente.

13 comentários:

Anónimo disse...

Uiiii!
Atacámos a amiguinha da Susana e ela ficou chateada...solidariedades estranhas.....

Anónimo disse...

corporativismo neo feminista no seu melhor....

TAF disse...

Volto a perguntar: alguém se deu ao trabalho de confirmar se foi mesmo o ministro? (Comentei o caso no post abaixo.)

Anónimo disse...

"corporativismo neo feminista no seu melhor...."

De acordo, ou então um enorme receio de que se descubra que a Dina não disse mais do que um conjunto de mentiras "sem pés nem cabeça"......

joshua disse...

Agora, sim, o sumo de tudo isto. Os maiores leitores da Bloga são esses ociosos governativos agora em fim de festividades: podem ler o que quiserem. E, ao contrário do que muitos pensam, deveriam ter uma plataforma interactiva, caminho por onde já anda Obama.

Não é mau que o Ministro se tenha exposto, embora imoderadamente com o seu coro de anónimos. Mau é que tenha sido para falar de si, para narrar-se. Um dia será para escutar mais, interagir mais e assim aprender mais com uma massa digna de cidadãos. Por enquanto, é somente em nome do Ego e da Honra, que não nos interessa rigorosamente para nada. Tudo continua igual. No governo continuam os mesmos pedregulhos insensíveis nas políticas facciosas e delapidatórias da integridade e viabiliade nacionais e isto é o que me ocupa e preocupa. Não a falta de chá do MAI ou a concitação ao desalojamento da Dina.

Anónimo disse...

O TAF passa a vida em bicos de pés e ninguém lhe liga. Respondam lá ao moço para ver se ele se cala!

Manuel Brás disse...

Coitada da criatura
do seu dono afastado,
triste foi a sua figura
para a seu lado ficar sentado.

O mexilhão educado
com muito chá aromatizado,
vê neste comportamento estupidificado
um político atemorizado!

Baidauei disse...

Bem visto!

Anónimo disse...

Ó Susana, quer dizer então que isto tudo é um "incidente" que não merecia resposta do ministro aqui? curioso... ;). Olhe que a sua colega Dina achou o incidente merecedor de muita atenção e indignação...Como é, afinal?

Pedro

PMS disse...

Parece-me justificavel que um ministro considere relevante defender a sua honra e bom nome.

Muito mais questionável parece-me a escala de prioridades deste blogue. Poderiam estar a questionar as políticas do ministro. Mas não. A prioridade é discutir as cadeiras.

Pelos vistos (e eu já desconfiava) os nossos jornalistas não são melhores que os nossos políticos.

Daniela Major disse...

Ó meus amigos vocês deviam era arranjar uma vida. A não ser que alguém vos pague para defender ministros, Primeiros, e restante "bicharada". Ai já pode ser mais legítimo.

Ricardo Ferreira disse...

Estou a ver que é bom ser jornalista.

Passam muito tempo na bloga.


Pena que o invés disso seja a perda de qualidade do jornalismo português.

Já agora, não sou lacaio de ninguém, tenho meu trabalho conseguido por mim e não tenho relação alguma com as cúpulas do PS.

Sou um militante rasteiro.

Paulo disse...

Ah!!! O jornalistas passam muito tempo na bloga e os militantes rasteiros fazem o quê??? lol Quem nasce lagartixa não chega a jacaré!!!!