sábado

Medeia

"Assassinato, carnificina, crueldade, sofrimento, humilhação, engano, lascívia, fúria, desespero,vingança e tragédia são alguns dos ingredientes desta comédia negra de arrepiante hediondez representada pela Companhia Paulo Ribeiro e pela Companhia do Chapitô neste (re)contar do conhecido mito Grego"
Medeia, até 25 Fevereiro, Quinta a Domingo, 22h no Chapitô

Assistir a "Medeia" é um bom programa para fim-de-semana: uma hora de espectáculo teatral, balético, circense, dramático, e sei lá que mais! Uma peça recheada de momentos hilariantes, sempre em ritmo acelerado, com um alucinante do trabalho de actores; a tragédia vira comédia... e o que pode desejar-se de melhor nesta vida?!

[Vi e recomendo. O encenador e os quatro actores merecem todos os aplausos e sala esgotada.]

4 comentários:

madalena disse...

Actores-bailarinos que se transformam em fontes de água e em todos os adereços possíveis. Ou como fazer uma peça em que quatro corpos se tranformam em tudo mesmo o que imaginamos impossível aos nossos olhos. Nunca tinha vista uma peça assim carregada de ideias "ovo de colombo". Obrigado a quem me deu a conhecer este encenador-mágico.

Ana disse...

OK, depois de tantos elogios, tenho mesmo de ir ver a peça! Obrigada pela sugestão!

Anónimo disse...

Recomendo

jose carlos garcia disse...

Muito obrigado por terem visto o nosso trabalho. Os vossos comentários dão-nos força para continuar a imaginar.