terça-feira

Brincar aos castelinhos de areia

Especialistas em engenharia costeira insistem na mesma estratégia: depositar areia no cordão dunar na Costa da Caparica. Não é preciso ser engenheiro para perceber que a areia é levada novamente pelo mar… Mas o INAG insiste. Alega que uma barreira de pedra seria uma desvantagem, tanto do ponto de vista económico como ambiental. Percebo, mas o facto é que não há solução à vista para o problema. Vamos lá continuar a fazer mais castelinhos de areia!

4 comentários:

rps disse...

Eu só me pergunto se a areia que lá põem não faz falta onde a vão buscar...
Deve ser areia de mais para a minha camioneta.

cardeal patriarca disse...

Pinta, pinta tinha o popular dizia para uma das televisões:

Andam para aqui a pôr acúcar no café !!!

P.S. - a solução técnica deve ser aquela. Não acredito que não seja -mas não está a resultar como nas nossas áreas às vezes. Apesar de se seguir a solução correcta o problema desconhece !

Anónimo disse...

Je vous propose de faire l’inverse : Vider le trop plein de mer…;)
AB

escola de lavores disse...

Já me tinha interrogado sobre essa 'solução'... Enfim, parece-me que é mesmo um daqueles casos ... sem comentários. Como dizes: até as crianças sabem que os castelos na areia são levados pelo mar...