segunda-feira

Qana



"-«O melhor é dar cabo deles enquanto são pequenos. Não lhes deixar levantar cabelo. Que amaldiçoem o dia em que tiveram a loucura de nos provocar. A sua casa é aqui ?
(...)
Fima agradeceu ao taxista, desejou-lhe boa viagem e ao sair do carro perguntou:
-«Então, na sua opinião, até quando continuaremos a assassinarmo-nos uns aos outros ?»
-«Por mais uns cem anos. Foi assim também no tempo da Toráh. Isso não existe, lá isso da paz entre um judeu e um goy. Ou eles estão por cima e nós por baixo, ou eles estão no chão e nós sentados em cima. Talvez quando vier o Messias ele os ponha no lugar. Muito boa noite. Não tem nada que ter pena deles. É muito melhor que em Israel comece um judeu a ter pena doutro judeu. Este é que é o nosso problema.»
(...)
Se não fosse a fadiga (...) não desistiria. Não poderia fazer orelhas moucas e ficar calado. O seu dever era tentar persuadir o motorista com uma argumentação incisiva, serena, sem se deixar arrastar pela cólera. Lá bem no fundo, sob espessas camadas envenenadas de crueldade e de medo, decerto que cintilava ainda uma centelha de razão. Era preciso tentar acreditar que era possível cavar para desenterrar o Bem sepultado sobre os escombros. Existe ainda uma réstia de esperança de converter aqui uns quantos corações e abrir uma página. Seja como fôr, a nossa obrigação é preserverar. É imprescindível não ceder nunca."

Amos Oz in A Terceira Condição

3 comentários:

Ana disse...

brutal... não suporto acompanhar esta guerra...

Anónimo disse...

That's a great story. Waiting for more. Loss prescription weight pills Ati graphics card pn 109 Depose eyewear Phentermine didrex xenical adipex.com Firkins nissan bausch and lomb tennis tournament hospital ranking cancer oncology attorney mesothelioma cancer settlement lawyer11

Anónimo disse...

Wonderful and informative web site. I used information from that site its great. video editing programs