segunda-feira

"Joga Bonito" o tanas

O jogo de hoje com a Holanda não fez jus ao slogan criado para Nike pelo nosso Figo da publicidade - Ricardo Cabaço, a trabalhar nos EUA na prestigiadíssima Wieden + Kennedy, agência da Nike e da Coca-Cola, por exemplo.

Há meses em Berlim, na apresentação dos equipamentos da Nike, o Figo respondeu-me a uma questão relacionada sobre a importância de se jogar bonito. Defendeu convictamente o fairplay. Hoje, em pleno jogo do Mundial, deu uma cabeçada a um adversário... Haveria mesmo necessidade?

Estou feliz pela vitória, mas entristece-me profundamente que os ídolos de milhões de crianças e jovens deste mundo joguem como rufias da rua. Péssimo exemplo! Péssimo profissionalismo.

8 comentários:

cardeal patriarca disse...

Tantos posts dedicados ao futebol ?
Ah afinal ninguém consegue ficar de fora ...

O culpado daquele espectáculo triste foi também um árbrito sem qualidade para aquele encontro - presidente da FIFA dixit.

O fair play foi-se quando os holandeses não cumprem uma das mais elementares regras desse fair play e quando de forma pensada põem Cristiano Ronaldo fora do jogo por agressão violenta.

O resto é a sequência lógica !

fg disse...

Mas também podias acrescentar que os ídolos holandeses de outros tantos milhões de crianças mostraram que nào sabem jogar em fair play:
1. A entrada de Karaté ao C.Ronaldo
2. A não reposição da bola para os portugueses depois de o arbitro ter parado o jogo
3.A cotovelada no sobrolho do Figo
4.O Kuyt a deixar a perna para magoar o Ricardo
5. Um holandês a empurrar o petit quando este ajudava um holandês no chão.

Claro que não justifica a cabeçada de Figo (o jogador holandês só caiu no chão uns 5 minutos depois). Mas aquilo não foi um jogo de futebol
Bjos

Papo-seco disse...

quem não se sente....

Ana disse...

É verdade, Figo não esteve no seu melhor, mas a verdade é que ele também já levou muita pancada neste Mundial... não defendo "jogar da mesma moeda", mas acho que isso é uma tendência em qualquer jogo. E na verdade com tanta violência que os miúdos consomem na televisão ou nos videojogos (etc) isso não é nada de especial para eles...

Marisa disse...

Quando falava em ídolos referia-me a todos os jogadores, de todos os países. Continuo a achar que não há necessidade, mesmo quando há provocações sucessivas...

A melhor forma de responder é sempre com luva branca. Acho eu.

Assobio disse...

A culpa tomba sempre para o outro lado.
Não fizemos boa figura, foi o que que foi, não me orgulho desta atitude, nem acho que ela seja desculpável por nada deste mundo. O nível ou se têm ou não se tem.
Ontem, faltou!

rps disse...

Há um problema grave no futebol de hoje: o discurso dominante do fair-play parece querer fazer do jogo um espaço asceta, de pureza, que não existe nem faz sentido.

O Portugal-Holanda foi um belíssimo jogo porque o futebol, ao contrário do que dizem alguns, também é aquilo que vimos.
Não é bom que seja nem pode ser sempre assim, mas no futebol - DENTRO DO CAMPO - há uma margem para a violência, o truque baixo, a sacanice.
Assim entendo o futebol.

Anónimo disse...

I have been looking for sites like this for a long time. Thank you! soccer Financial planning encino endermologie cellulite Camping and bunkhouse Oregon dental makeover prozac microsoft it training Playing is their job Jenna jameson make up propecia order stationery http://www.hot-naked-milfs-9.info Atlanta capital plaza hotel Gmc paint code 17 web design fat fat woman