sexta-feira

Sempre à sexta

Em dia de protesto na função pública, pergunto: Por que é que as greves são sempre coladas ao fim-de-semana ?

9 comentários:

escola de lavores disse...

sim, porque será???
pura coincidência!

Woman Once a Bird disse...

As greves não são sempre à sexta. Se verificar, recentemente nem têm sido. Mas é mais fácil tornear a questão do que fazê-la de raíz. Porque foi convocada a greve parece-me bem mais pertinente.

Woman Once a Bird disse...

Também suponho que a imprensa focará exactamente o mesmo (ainda não apanhei nenhum jornal hoje, pelo que são apenas conjecturas). De qualquer modo, a confirmar-se o peu palpite, o Executivo gostará da manobra de diversão.

marta r disse...

É como as greves dos funcionários dos Museus - sempre no fim de semana da Páscoa. Porque será?

PV disse...

Falsa pergunta e verdadeira assinatura. :-(

Proíbam-se as graves, "dona Susana" precisa de transporte para ir para a praia a sexta.

cardeal patriarca disse...

É mais fácil as pessoas aderirem e atingirem os objectivos.

Porque é que a recta é a menor distância entre dois pontos ?

Susana disse...

Essa é mesmo uma questão pertinente, ao que parece dá mais jeito, não custa muito saber a quem..

Marisa disse...

Quando era estudante do ensino secundário chguei a furar uma greve mesmo concordando com a sua razão (já não lembro qual era - ridiculo!!)por ser à sexta.

Isto para dizer que, com algumas pessoas, a coisa funciona pela negativa.

Não quero participar nessa onda da greve-dia feriado. Retira a dignidade à luta.

cardeal patriarca disse...

Marisa:

Não fez greve por o objectivo ser ridículo, e com razão.

Se se pretende ser objectivo - ter impacto, escolhe-se o melhor dia.

E mais, parece-me que não litiga com nenhuma forma de ética. Claro que a 4.ª feira teria um maior impacto nas consciências, mas um menor impacto nos prejuízos.

Uma greve para ser eficaz tem de ser prejudicial.