quinta-feira

O regresso da matilha

Manuel Maria Carrilho chamou a "matilha"e a "matilha", bem mandada, lá foi para ficar a saber que o filósofo vai pedir um encontro formal com o presidente da Entidade Reguladora da Comunicação a fim de lhe dar conta (formalmente) do conteúdo do seu livro. Carrilho quer que o presidente da Entidade avalie se há razões "para ir mais além". Do além!!!!

Aquela cabeça não pára quando se trata de arranjar esquemas para não
sair de palco.

PS: qual o papel, neste filme, do assessor de Imprensa do Grupo Parlamentar do PS, ao convocar os jornalistas e entregar as cópias da declaração de Carrilho e dos artigos escritos por quem o apoia? Qual o envolvimento do Grupo Parlamentar nesta causa carrilhistas?

3 comentários:

escola de lavores disse...

Carrilho dizia esta noite na SIC Notícias, entrevistado por Mário Crespo: "não receio ser tomado por ingénuo".
Isto é um dado novo, não é?

susana disse...

Depois do contacto com a matilha, Carrilho lanchou com o Le Monde na mão. Sim, porque os jornais franceses são outra coisa...

atento disse...

Muito bem visto: se há envolvimento do assessor de imprensa, há envolvimento do grupo parlamentar. Portanto, há um apoio institucional do PS às posições de Carrilho.
Alberto Martins e Santos Silva já tinham estado no lançamento do livro...