quarta-feira

Vai ao Totta


Já tinha reparado no cartão-família do Carrefour mas não liguei até chegar à caixa e uma menina dizer "Ah, se tivesse o cartão, esses Golden Grahms tinham não sei quanto de desconto", e desfiou a quantidade de descontos que eu poderia ter ao escolher um listão de família. "Ora", pensei eu, "venha de lá esse cartão!" Pediu-me o nome, a morada, o contacto...e o numero de contribuinte. "Não dou !" Por que carga de água vou dar o meu numero de contribuinte ao Carrefour ? Nem é para me passarem facturas...A menina da caixa aceitou mas avisou que me iam telefonar. Ligaram-me à tarde e pronto, não há numero de contribuinte, não há desconto...

4 comentários:

Ana disse...

Também nunca fiz o cartão porque me irrita ter de partilhar tantas coisas com uma superfície comercial.

Marisa disse...

Os cartões só existem para recolher bases de dados. Mas por acaso até estou curiosa sobre o nr. de contribuinte. Para que será que o querem??

escola de lavores disse...

Ora, ora... para a ficha ficar completa. Mais completa, tem mais valor - a ficha, a tal que deve ser comunicada àquela entidade que tem o registo de tudo o que é registado em bases de dados... E uma ficha mais completa vale mais quando é vendida (ilegalmente). Além disso, os privados (desculpem o mau feitio, já sabem o que sai daqui...) ficam com uma ficha mais completa - sobre os indivíduos-cidadãos-deste-país-fichado - que a do próprio Estado com o tal cartão único.
É teoria da conspiração? Talvez sim, talvez não...

Anónimo disse...

Excellent, love it!
hosting services http://www.paper-printers.info/lexmarkprintercables.html mclaren f1 vs. ferrari enzo Powder coat painting iowa Safety harbor florida gay Slimming swimsuit moutain gay learn forex trading Casino bonus money Harry potter hogwarts house Health ativan gay Recall paxil cr Best honda dealer ca Blogspotcom cosmetic dallas site surgery Fridge freezer spare parts hotpoint sony camcorder Towing a toyota camry Gay boys at the beach