quinta-feira

Uma campanha poupadinha ?

Há um novo cartaz do PS na rua. Frases: " Avançar Portugal. PS Juntos conseguimos". José Sócrates destaca-se no meio de jovens sorridentes. Quem frequenta a sede socialista conhece tambem a figurante que à esquerda olha para o secretário-geral socialista. Será que é esta a campanha dos voluntários ? Pelo menos deve ficar mais barata...ou os funcionários receberão tambem cachet pelo anúncio ?

(As más-línguas dirão que só mesmo os funcionários é que já só aceitam aparecer...)

11 comentários:

miguel disse...

Cara Susana, quase aposto que quando o PS apresentar o seu orçamento de campanha para as legislativas, fará questão d publicar um post contra os 'valores exorbitantes' que os partidos gastam. Afinal não é de louvar quando estes procuram reunir uma rede de voluntários para assim poupar?

André Valentim disse...

Durante as campanhas acusam os partidos de gastar dinheiro desnecessariamente, mas quando estes poupam esse mesmo dinheiro acusam-nos de poupar. Ora, neste caso o Partido Socialista utilizou funcionários e voluntários para os seus outdoors num espírito, verdadeiramente, socialista, poupando dinheiro e dando oportunidade de colaboração e participação às pessoas.
Agora que releio com mais atenção o post reparo numa coisa. "José Sócrates destaca-se no meio de jovens sorridentes." Olho depois para o outdoor e apenas vejo 1 jovens sorridente. Mais, "Quem frequenta a sede socialista conhece também a figurante que à esquerda olha para o secretário-geral socialista." como sabe quem está à esquerda de José Sócrates? Será que também frequenta a sede nacional do PS? Por último, não percebo a sua preocupação com os cartazes do Partido Socialista!

felizberto disse...

Se se diz que se gasta muito dinheiro é por que se gasta muito dinheiro, se se gasta pouco é porque se gasta pouco. A verdade é que a base da politica é o voluntarismo e não o pura e simples mercantilismo.

Andrei3050 disse...

"As más línguas" será que por um acaso está a excluir-se deste grupo de pessoas? Ninguém diria que ao lançar este mote ande por aí a fazer propaganda de boa fé....Se por um lado falam dos gastos das campanhas é um escândalo agora quando se procuram alternativas ao contar com o apoio legítimo neste caso dos jovens diz-se que é para ficar mais "baratinho" para ter figurantes? Entao e a práctica do socialismo? Será que criticar por criticar é construtivo para este país...é que falar mal é muito facil...por acaso passou lhe pla cabeça fazer observações construtivas? Claro que nao dá muito trabalho n e? Ponha a mae na consciencia e pergunte se se estes tipos de "contributos" sao relevantes para o país ...

José Jesus disse...

Caríssimas,
Isto se fosse como na América entendia-se que a participação voluntária é sinónimo da participação cívica e portanto, é sinal que o Partido Socialista é o Partido da Participação Cívica, é o Partido da Democracia.
Bom.
Em verdade, em verdade vos digo que o vosso tipo de oposição barata, deita-abaixo, «do contra» que não tem interesse nenhum para a nossa pátria que quer crescer, que quer ter espaço para crescer politicamente e democraticamente, é mentirosa e portanto não se enquadra na «política de verdade» que a vossa patroa (i.e. MFL) quer que vocês façam.

Tenho um pedido para as 'senhoras', que deixem Portugal(.) respirar ar democrático, senão Portugal fica com «claustrofobia democrática» como diria o homem que, com certeza, pelo que se percebe das vossas intervenções, vocês adoram como o vosso «querido líder» (a relembrar o Estaline com quem ele muito se parece) - o (com muita infelicidade e vergonha minha) 1º Eurodeputado Português, Paulo Rangel.
Desejo-vos boa sorte no avião para Estrasburgo dia 15 quando forem lá dar o beijinho a esse sempre-em-pé (cuja barriga não é exemplo para as nossas criancinhas, tão sensíveis e tão ocupadas aprendendo no seu Magalhães oferecido pelo Estado Português, um estado amigo) na sua 1ª (e se Deus fizer o que sempre quis e nos salvar do pecado que foi Portugal sufragar PSD, a sua última) sessão do plenário do Parlamento Europeu.

O homem-que-pega-de-empurrão, o vosso amigo pelo qual entramos (ou melhor, entrávamos se não gostássemos de mulheres [i.e. mulheres decentes, das quais vocês não pertencem, claro!]), gosta de dizer que faz campanha barata e que é poupadinho. E como é ele, e vocês gostam ambos de malas, vestidos e maquilhagem; vocês batem palmas que é para lhe fazer vento porque ele já está vermelho só de ser informado pela Avózinha Manela com a sua «política de verdade» (que, na verdade, é de mentira) que o CDS vai ter menos deputados e menos votos nestas eleições legislativas e menos mandatos nestas eleições autárquicas.
Mas como é o Partido Socialista, o grande partido da esquerda democrática, do qual vocês têm medo pois são Salazaristas saudosistas que metem nojo num país moderno e não no país retrógrada que vocês querem transformar esta terra que eu tanto amo, Portugal; vocês criticam.
Pois bem, em verdade, em verdade vos digo, peço que se cantem sermões e se rezem orações de fieis e acções de graça por estas «mulheres da comunicação» que saibam ler (o código deonotológico [até podem partilhar um com a Manuela Moura Guedes, a vossa melhor amiga, que tanto precisa de um]) e que honrem a sua profissão.

Realmente, são de pessoas como vocês das quais tenho dó. Muita dó....!!!

Já agora, gostaria só de lembrar-lhes (só para calarem os vossos comentários mesquinhos e falsos quanto aos figurantes serem voluntários) que o Socialismo não faz a advocacia do neo-liberalismo que nos enterrou nesta crise que faz tantos sofrer todos os dias; não apoiamos a desregulamentação tarada e perversa, o capitalismo desenfreado, depravado; não apoiamos envenenar as pessoas com um materialismo que os afasta das coisas que valem a pena na vida e que os concentra num materialismo esquizofrénico e num egoísmo que carece de humanidade. Nós somos os Socialistas e acreditamos na ENTREAJUDA, na SOLIDARIEDADE e somos solidários com Portugal, ajudamos Portugal e por essa razão, ajudamos a eleger as listas do Partido Socialista para a Assembleia da República para nos representar não só naquele palácio solene mas também num governo sólido que faz as reformas necessárias para o país.

José Jesus disse...

E se os convenci de que os voluntários são algo de positivo e não os «animais ferozes» que vocês os querem retratar como; dou-vos (de graça, porque sou socialista e não um materialista egoísta, calculista de direita como vós) já (pois não atraso o futuro mais meio-século como querem os velhos residentes no Palácio de Belém, quer dizer, na Rua de São Caetano onde as ossadas de Sá Carneiro tomam a sua residência com a sua política não humilde ou verdadeira mas de «rasgar, repudiar e romper») a informação de que são muito mais os voluntários que estão naquele Cartaz do que funcionários. Muitos mais!

Despeço-me assim das «senhoras» (se é que vos posso tratar assim sem me meterem um processo de difamação) esperando que vocês leiam isto e depois vão conspirar o fim do mundo, a miséria geral da população ou a demolição por completo do Estado e da Pátria por meio da «suspensão temporária da Democracia» que jamais será temporária mas sim permanente, opressiva, tirana e ditatorial; pois esses cenários apocalípticos que nós tanto tememos só são possíveis com a Aliança (dita Democrática) Salazarista de Direita a que chamamos o Partido Social Democrata, o Partido Popular (ou a nível europeu, o Partido Popular Europeu) - isto é com a Direita que tanto atrasou o país e que tão pouco fez para progredir esta pátria que tanto amamos.

Por que amo Portugal, sei que dia 27 de Setembro, voto PS! Voto José Sócrates! Voto Portugal!

Assino carinhosamente,
Com beijos enrugados;
Um anónimo que graças às vossas definições anti-democráticas que não permitem o anonimato, teve que ser forçado a revelar o seu nome, contra a sua vontade e contra os seus direitos.

José Jesus disse...

E sou militante da Juventude Socialista a partir de hoje.

O que me motivou deixar de ser simpatizante e passar a ser militante?
As mulheres giras (e inteligentes!) que por lá passam!

dina disse...

susana,
já devias saber que no mundo socialista, os assessores, adjuntos, ajudantes e pretendentes a qualquer um destes cargos são muito sensíveis à crítica. quando se ataca o líder, então, não perdoam. até estou admirada por irmos só em 7 comentários. será que estão a adivinhar a derrota e já começaram a saltar do barco?

André S. Machado disse...

É a primeira vez que visito este blog. Chego aqui através de um link do 31 da Armada.

Francamente, não concordo com boa parte dos posts, mas não posso deixar de lamentar o tipo de comentários como os que li aqui, do José Jesus!
Para sua defesa, bastará a autora do post, mas será que se justifica uma resposta a um rol de insultos e ataques gratuitos infundados?
É interessante ver um recente militanta da JS a responder com tanta veemência e violência a um simples comentário sobre a campanha do PS.
Atitudes como esta revelam muito acerca de quem as pratica e, neste caso, revelam muito da forma de estar do Partido Socialista e dos seus militantes.

Deixo aqui uma palavra de apreço e solidariedade para com a autora do post.
Não conheço, mas tenho a certeza que comentários do teor dos que estão aqui expressos não lhe merecem a atenção que, porventura, eu possa ter dado.

André S. Machado disse...

É a primeira vez que visito este blog. Chego aqui através de um link do 31 da Armada.

Francamente, não concordo com boa parte dos posts, mas não posso deixar de lamentar o tipo de comentários como os que li aqui, do José Jesus!
Para sua defesa, bastará a autora do post, mas será que se justifica uma resposta a um rol de insultos e ataques gratuitos infundados?
É interessante ver um recente militanta da JS a responder com tanta veemência e violência a um simples comentário sobre a campanha do PS.
Atitudes como esta revelam muito acerca de quem as pratica e, neste caso, revelam muito da forma de estar do Partido Socialista e dos seus militantes.

Deixo aqui uma palavra de apreço e solidariedade para com a autora do post.
Não conheço, mas tenho a certeza que comentários do teor dos que estão aqui expressos não lhe merecem a atenção que, porventura, eu possa ter dado.

Debbie disse...

A campanha foi caríssima. A menina do lado esquerdo é a Katie Holmes. Está tudo aqui: http://lamenageatrois.blogspot.com/2009/07/jose-socrates-katie-holmes-linhagem.html