quarta-feira

Nada de política nacional

Ferro Rodrigues à entrada para um colóquio, ontem, na Faculdade de Direito, não quis falar do PS: "Não vou falar de nenhuma questão partidária. Estou aqui para discutir a crise económica, financeira e social e não para discutir questões partidárias nacionais. A única coisa que posso dizer é que vários orgãos de comunicação social disseram que eu tinha sido convidado para cabeça de listado PS para o PE e eu desminto formal e categoricamente que tenha existido esse convite. " E acabou. Política nacional, mais nada. Como fica demonstrado no ultimo parágrafo da intervenção do ex-secretário-geral do PS no referido colóquio sobre a crise:"O desastre seria total se em Portugal juntassemos à crise financeira e económica e social uma crise política. A governabilidade é condição necessária, mesmo que não suficiente, para um combate sustentado e frutuoso à crise. Um governo minoritário nunca poderá ser parte de qualquer solução seja e será sempre parte e grave de qualquer problema."

2 comentários:

Observador disse...

A hipocrisia está no código genético dessa gente.

Manuel Brás disse...

Muito opinam estes “socialistas”
a favor de uma nova maioria,
mas, com as suas políticas miserabilistas
revelam uma ignóbil sabedoria.

Sem bússola e sem rumo
o barco vai-se afundando,
este “socialismo” de baço prumo
vai o país delapidando.

Duas vezes não será aldrabado
o nosso pobre mexilhão,
já está farto de ser roubado
por este “socialismo” brincalhão!