domingo

A Gaffe

É sem dúvida a melhor gaffe dos últimos tempos.
José Sócrates na entrega dos certificados da nacionalidade a novos portugueses, esta tarde, no Mosteiro dos Jerónimos dizia contar com eles para um país mais pobre...Vale a pena ouvir

5 comentários:

ab disse...

Une gaffe ou un lapsus ? Ce n’est pas précisément la même chose…mais ça revient au même En tout cas c’est bien triste.

rps disse...

Fugiu-lhe a boca para a verdade...

Zé Ninguém disse...

E isso não é tudo isto é que é escandaloso!

http://absolutamenteninguem.blogspot.com/2007/05/asae-do-caraas.html

Mais situações marcantes em:

http://absolutamenteninguem.blogspot.com

Tenham medo!

ab disse...

Aux hordes de barbares, pauvres d’Afrique et d’ailleurs, sans voix du tiers monde,il faudra un jour expliquer, pourquoi ils sont devenus des parias… s’ils nous en laissent les temps… car en la circonstance, ils risquent de "ne plus rien avoir à "perdre", "mister" RPS.

Anónimo disse...

O post que reproduzo em baixo é muito curioso. JPP bate na RTP por alegada manipulação, mas ele próprio frisa que a senhora da DREN é militante do PS... e ignora que o professor é... militante do PSD.

RTP, noticiário das 13 horas: uma pequena peça sobre o processo do professor do Porto que disse uma frase jocosa sobre José Sócrates e foi punido pela zelosa DREN, uma conhecida militante do PS do Porto. A peça estava escrita numa linguagem um pouco confusa e usava um vocabulário bizarro, sempre á volta de um inuendo: o que o professor disse terá sido mais grave do que o que se diz que ele disse. O inuendo é sugestivo, a linguagem rebuscada da peça pode ser apenas incompetência. O que não é incompetência é a frase com que se termina e que aqui reproduzo ipsis verbis: "o professor não quer falar sobre o assunto porque provavelmente já falou demais." Interessante "jornalismo"...