quinta-feira

Façamos apostas!

Ainda a Câmara de Lisboa. Nenhum comentário ao discurso de despedida de Carmona. Pungente, não me comoveu - e eu até acho que o sr. não era mal intencionado.

Façamos apostas.
Arrisco: não haverá maioria de uma força política. E, para tristeza de alguns comentadores deste blog, haverá mulheres a mais nas listas, quiça como cabeças de lista.
Imaginem só este cenário - eu disse cenário!:-
Manuela Ferreira Leite à frente de uma lista laranja; Portas, o próprio, à frente do elenco PP; quanto à CDU, não faço prognósticos, mas - sei lá - Odete Santos (?),... não, o mesmo Ruben de Carvalho; adivinhar o PS continua difícil: Ana Paula Vitorino (acho que tem estaleca), talvez Maria de Belém, ou António Costa, a menos que o Mega Ferreira admita desinstalar-se. Sá Fernandes continuará a ser o profeta do bloco - que se vai dividir... Estas serão eleições com listas independentes: Helena Roseta, como independente, a sacudir a poeira da cidade, mas também uma parte do executivo cessante, quem sabe, noutra lista independente... Roseta avança porque não haverá coligação de esquerda. Há demasiados feudos e quistos, que a última derrota não deixa esquecer...

Não faço ideia no que vai dar o escrutínio. Sei o que gostava que desse. Mas suponho que vai sair um executivo 'esfrangalhado', com necessidade de um presidente de Câmara ter 'paninhos quentes' para gerir sensibilidades.
Espero que se marquem as eleições o mais cedo possível, antes, bem antes de Agosto.
Espero que daqui a cinco ou dez anos possamos dizer que valeu mesmo a pena.
Desejo que uma mulher seja a próxima presidente de Câmara. Tenho quase a certeza de que Lisboa vai ficar melhor.

6 comentários:

Assine por Lisboa disse...

Assinar por Lisboa:

http://cidadaosporlisboa.blogspot.com/

rps disse...

"Desejo que uma mulher seja a próxima presidente de Câmara"

A ondição de mulher dá, por si, mais garabtias?

Se há quem ache que sim, é plausível que haja quem ache que não: mulher nem pensar!

É um disparate. O contrário também.
Achar que Kátia Guerreiro, por exemplo, seria sempre melhor presidente da Câmara que Ruben de Carvalho, Fernando Seara ou António Costa...

Pedro Almeida disse...

É a importância da vagina.
Pobres mulheres que não percebem o atestado de menoridade que passam a si próprias.

luisa disse...

exactamente, pedro almeida!eu pelo menos não temo a mudança, nem acho que o sexo com que se nasce seja uma salvo-conduto para o sucesso...

quanto a si, rps, supunha que apesar de ser homem, ou precisamente por ser nessa qualidade um ser superior, tivesse percebido que "desejo que uma mulher seja a próxima presidente de Câmara" se reporta a uma das pré-putativas-candidatas enunciadas no post(recuso nomear). e, sim, adimito e aceito que haja quem pense que "mulher, nem pensar". afinal tem sido essa a regra consentida em tantos planos, não é?

a.k.a.bicuka disse...

helena roseta!!! sem dúvida nenhuma

disse...

Parabéns pelo blog!

http://aguia-de-ouro.blogspot.com/

Visitem!

Se quiser adicionar à sua lista de links no seu blog está à vontade!