terça-feira

A pergunta é “Sou feliz?”

Há dias conheci uma jornalista norte-americana que acaba de publicar o seu primeiro livro, entretanto já traduzido para português sob o título “O Poder das Mulheres” (que recomendo vivamente a todas as meninas). A dada altura, enquanto conversávamos, simplificou de uma maneira estonteante um assunto que me tem dado tanto que pensar. Falávamos sobre mulheres, sobre se existe uma fórmula quase perfeita de gerir a carreira ao mesmo tempo que se mantém vida pessoal, com a família, filhos, etc. E ela diz assim: “Como mulheres temos que deixar de nos comparar umas com as outras neste sentido de trabalhar ou ter filhos. Isso é péssimo. Podemos fazer as duas coisas. Mas cabe a cada uma de nós decidir o que nos faz feliz, se queremos continuar a trabalhar, se queremos fazer uma pausa e ir para casa educar os filhos. Por isso, a questão que qualquer mulher deverá colocar é: “Sou feliz?”.
Tão simples, não é?

2 comentários:

luisa disse...

essa é a QUESTÃO para qualquer pessoa colocar a si própria. sendo certo que praticamente só as mulheres a colocam a si mesmas. porquê? e por quanto mais tempo?

como dizia alguém "a cabeça das mulheres é o último reduto do patriarcado".

likeabridge2006 disse...

Atrevo-me a sugerir resposta: porque elas deixam...