terça-feira

Alberto João Jardim


O anúncio da demissão tinha de ser no Carnaval, claro...

2 comentários:

cardeal patriarca disse...

Escusavam de repetir - não era necessário.

Mais uma vez os madeirenses vão votar no referendo do aborto. E para que agora estejam de acordo com o resultado nacional, vão votar SIM AO ABORTO.

rps disse...

Não acho. Nada me identifica com o homem, mas, pela primeira vez, acho que fez o que devia.