segunda-feira

Façam o melhor que puderem

Esta coisa de calendário novo traz sempre 'água no bico': votos e promessas de mudança e depois, vai-se a ver, nada de novo...
É por isso que já não faz muito sentido formular desejos, pelo menos para mim.
Além disso, há o choradinho do costume:"a vida está má", "os preços sobem", "os juros vão aumentar", "o país vai crescer menos que a Europa", "o atoleiro em que se transformou o Iraque e ninguém sabe como descalçar aquela bota" , "os políticos que prometem uma coisa e fazem outra"... "e a saúde que não anda nada bem" - como dizia a vox poppuli num telejornal deste primeiro dia...
Não aprecio ladainhas e a recorrência desta já enjoa. Como diz uma amiga minha, enquanto tiver dois braços e saúde (e ela sabe como ela falta quando menos se espera) não há nada que me afugente.
Aos que visitam este blog e ao grupo de mulheres que o fazem, happy new year!Façam sempre o melhor que puderem e 'don't worry, be happy"...

5 comentários:

cardeal patriarca disse...

Embora possa fazer pouco sentido fazer votos: eu faço.

Votos de um grande ano de 2007 para as anfitriãs deste blog, que com o seu trabalho, me permitem mandar aqui umas bocas, de forma fácil e cómoda.

Que 2007 seja uma continuidade sintónica de 2006. Que tudo que possa ser melhor o seja !

escola de lavores disse...

caro cardeal, apreciamos os seus votos - esperando que não sejam de abstinência nas visitas à escola.
retribuimos o apreço e "que tudo que possa ser melhor, o seja!"
obrigada e um abracinho

madalena disse...

Faz-nos sorrir e isso é muito bom.

rps disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
rps disse...

De facto, ninguém manifesta o desejo de trabalhar mais no Novo Ano.
É como diz um amigo meu: a única ambição do protuguês médio é ganhar o Euromilhões para não trabalhar e comsumir à doida. E ter ainda o gostinho de humilhar o parceiro...