terça-feira

Ser feliz é ter conversas inteligentes ao almoço

Como a que tive ontem e que me fez ganhar o dia.

6 comentários:

marta r disse...

Coisa cada vez mais rara, essa.

Anónimo disse...

espera-se que tenha sido coisa mais proveitosa do que algum idiota do Ministério da Ciência e Tecnologia... e que a prática se repita, a de dar notícia de almoços felizes, para algum dia chegar a nossa vez :-)

lr disse...

só posso concordar contigo: faz-se melhor a digestão e não se dá o tempo por perdido.

Anónimo disse...

Supomos que não tenha sido nenhum "almoço de trabalho" com alguma "fonte"! Por omissão: e que tal dar nota das conversas que às vezes é necessário manter com idiotas e que nos fazem sentir estupidamente infelizes? Aceita-se, seguramente, o anonimato dos ditos idiotas que nos fazem infelizes!

madalena disse...

Gostava de saber quem é que sofre tanto com almoços com fontes. Quase sempre são agradáveis e muito proveitosos. O problema é que muitas vezes as fontes transformam-se em amigos, mas nunca esquecem o seu estatuto inicial. Estarei a responder a uma fonte, a um/uma jornalista ou a um amigo/amiga.

Anónimo disse...

... a alguém que respeita e que considera a jornalista e que gosta de brincar!