segunda-feira

Política a banhos

O Ministro de Estado e da Administração Interna reconheceu que o plano de prevenção dos incêndios falhou. Tinha sido uma aposta de António Costa. Uma bandeira do nº 2 do governo. O ministro reconheceu isto no domingo e a oposição continuou na praia.
Depois de Marcelo Rebelo de Sousa ter dado na RTP pela ausência de Marques Mendes, o líder do PSD foi, esta segunda-feira, ao parque natural peneda-gerês. A iniciativa marcada para o meio-dia foi anunciada de manhãzinha aos jornalistas. Mendes reapareceu e criticou Costa. Até às três da tarde, só o Bloco de Esquerda o tinha feito com pinças, sem alarido: Francisco Louçã, contactado pela rádio, considerou sensata a postura do ministro e defendeu novas medidas de prevenção. O PCP, por essa altura, não tinha posição. O CDS só se mostrou disponível para falar à hora do lanche. Bem pode o governo dizer e fazer o que quiser que o fiscal está de férias...

2 comentários:

Olga Dias disse...

Ainda bem que ontem logo de manhã no Abrupto se chamou a atenção para a atitude do governo nessa matéria, senão tinha sido um dia de sossego para toda a gente, a começar pelos jornalistas.
Olga Dias

susana disse...

Nem todos: faça justiça ao JN que fazia manchete com esta questão e à rádio (de serviço público, pelo menos) que nela pegou...