quinta-feira

Números assustadores da Amnistia

Os números revelados pela Amnistia Internacional são assustadores: em Espanha, em 2004, cerca de 72 mulheres foram assassinadas pelos seus companheiros; Duas mulheres por semana são mortas pelos seus companheiros no Reino Unido; cerca de 14 milmulheres foram mortas na Federação Russa em 1999; no mundo cerca de 40 a 70% das mulheres assassinadas foram vítimas de um parceiro íntimo.

2 comentários:

rps disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
rps disse...

São cada vez mais os homens que se queixam de violência doméstica, representando 15% das participações na GNR e PSP em 2004, segundo o Gabinete Coordenador de Segurança (GCS). A percentagem das vítimas masculinas é idêntica nos meios rurais e urbanos, o que revela uma alteração das mentalidades, defendem autoridades policiais e os técnicos. No ano passado registaram-se 14 959 processos no total, menos 2468 do que em 2003.

"O número de vítimas homens está a aumentar e, provavelmente, são muito mais que os que se queixam", refere a socióloga Elza Pais, a fazer um doutoramento sobre violência conjugal.
(...)


Encontrei aqui:

http://dn.sapo.pt/2005/02/22/sociedade/homens_
queixamse_cada_mais_maus_trat.html