quinta-feira

Impressões Portugal vs França

Toda a gente sabe que o branco torna as coisas mais amplas. E, ontem, os franceses pareciam enormes no campo. Não sei se era dos uniformes ou se eles são realmente grandes. Eu, que não percebo nada de bola, vi o jogo. E pareceu-me que Portugal teve imensas oportunidades para fazer golos, mas nenhuma bolita entrou na baliza. Ouvi comentários como: “o jogo não foi bonito”, “o árbitro foi parcial”, “os franceses não jogaram nada, tiveram foi sorte”. Bem, sorte ou não, insisto na minha ideia: os franceses pareciam bem maiores que os portugueses e pareceu-me que essa mesma ‘grandiosidade’ atrapalhou os nossos jogadores.

8 comentários:

Ideafix disse...

Eles grandes e nós pequenos. Ver o caso do Simão ou do Deco perdidos no meio do Patrick Vieira ou do Thierry Henry.

Marco Aurélio disse...

Ana

A seleção de Portugal perdeu o Jogo, mas não o respeito da torcida como aconteceu aqui no "b"rasil. O Ricardo indo para o ataque no final foi um lance maravilhoso, o que só confirma a gana do time Português. Pena que vários gols foram perdidos, sobretudo aquele de cabeça que o Figo poderia ter feito! Foi questão de má sorte. O time é realmente Bom!

Um abraço

Marco Aurélio

Anónimo disse...

Minha esposa que é francesa disse-me antes do "match":
Ficarei contente por te ver contente, se Portugal ganhar.
Entretanto estou menos infeliz com a derrota de Portugal...porque quando o "match" terminou, olhou para mim e nos seus olhos havia alguma tristeza.
"La vie est une chose bizarre"
AB

pepe disse...

Imperial o discurso de Zidanne aos franceses:
http://novomundo.blog.pt/865504/

rps disse...

A cara blogueira Ana mostra perceber de futebol.
A malta que supostamente percebe é que não percebe e anda com tiradas tipo "o árbitro foi parcial” e “os franceses não jogaram nada, tiveram foi sorte"

É óbvio que a equipa de França foi superior à equipa dos srs. Madaíl e Scolari. E isso nada tem de dramático: aquilo era só um jogo da equipa da FPF. Se fosse o Futebol Clube do Porto, sim: seria grave.

Marisa disse...

O que me irrita, até nos meus melhores amigos, é enterrarem o jogo quando a procissão ainda vai no adro. Com tanta energia negativa não há bola que entre na rede, mesmo quando está bem encaminhada. Somos mesmo uma ganda merda de adeptos!

(Desculpem a expressão, mas é a que melhor expressa o que sinto, e as palavras existem para isso memso, para comunicar exactamente o que sentimos.)

Ainda podemos subir ao pódio, mas já ninguém os quer apoiar. nem se quer ver o jogo com a Alemanha. Que esterco de gente!

Ana disse...

Podes crer, Marisa... ontem pensava no mesmo enquanto assistia ao jogo. Ouvi também frases como "pronto, já não vamos a lado nenhum" ou "nem vale a pena continuar a ver...". É mesmo isso... o português desanima muito rapidamente. Mas, se naquele último minuto a bola tivesse entrado, certamente que alguém diria "eu, no fundo, no fundo tinha esperanças".

cardeal patriarca disse...

Porque será que os portistas nunca consideraram esta selecção como sua ?

Case study !

Mas agora a sério: É muito difícil a qualquer equipa europeia debater-se com a selecção de África !