quinta-feira

Para a gestão, está quieto; mas para o futebol os gestores já têm tempo

Nunca têm tempo para responder a questões, mesmo as que até beneficiam a sua imagem e das empresas que gerem. Mas para darem bitaites sobre os resultados dos jogos de futebol já têm.

La creme de la creme da gestão nacional tem estado no Jornal de Negócios a dizer se o jogo Y terá resultado de 1 x ou 2, tipo totobola. Só prova o que eu já pensava: nalguns casos a falta de tempo é o argumento fácil para não responderem a questões simples, mas sobre as quais nunca pensaram antes. Depois têm medo que o "vizinho" do lado se saia melhor, e preferem ficar calados. Tanta insegurança reina neste país. Haja futebol, assunto em que todos demonstram ter elevada auto-estima.

1 comentário:

Ana disse...

Estou contigo Marisa! As pessoas em Portugal alimentam-se de Futebol nesta altura. Não consegui fazer praticamnete nada à tarde nesse dia. Ninguém estava nas empresas que contactei naquela tarde... não havia cá desculpas, do tipo... está numa reunião. Simplesmente assumiam que não estava... "só amanhã". Como tu dizes, e depois queixam-se...