sexta-feira

O civismo do porta-moedas

As regras de segurança na praia já se ensinam na escola às crianças de 6 anos. Se algum idiota entrar na água com bandeira vermelha, por mim, pode lá ficar. O problema é criar um problema de consciência ao nadador-salvador que se vê na obrigação de o ir salvar, arriscando a vida por um idiota que não se importou de arriscar a sua.
Mas o problema maior é chegar à conclusão que isto só se pode resolver indo à carteira. Porque, infelizmente, para muitos, o civismo não é respeitar os outros mas sim a sua conta bancária.
(Válido também para os corredores de motas de água à beira-mar e jogadores da bola em cima da toalha dos outros.)

1 comentário:

cr disse...

Apoiado.Apoiado.Apoiado.Apoiado.
Mil vezes apoiado.
Quando fores a votos diz-me.