sexta-feira

Não se incomode mais, sr. Professor

Aparentemente, Freitas do Amaral quis saber quem ia fazer parte do Governo antes de aceitar o convite de José Sócrates. Ao longo deste ano como Ministro dos Negócios Estrangeiros assumiu frequentemente posições pessoais. Amanhã, no Expresso, parece que diz que está cansado do Governo. A sua presença na equipa continuará a compensar?

2 comentários:

Máquina Zero disse...

Claro que sim. A única função do professor é aturar aquela gente do Corpo Diplomático. O que é importante, resolve o Sócrates por telefone.

SM disse...

Continua a compensar, sim, que pergunta.