terça-feira

Liberdades

Incomoda-me que o 25 de Abril seja só festejado pela Esquerda. Que o cravo seja a flor dos "comunas". Que o desfile na Avenida seja coisa de PC.
A Liberdade é de todos.

5 comentários:

SM disse...

Hoje enchi a boca com l-i-b-e-r-d-a-d-e.é a palavra mais bonita, depois de República, e depois da "l-word".

Marisa disse...

A mim também me incomoda. Tal como me incomoda que me tomem por comuna ao só porque me preocupo com coisas básicas (ou que, pelo menos, para mim, são básicas). A única coisa em que me revejo no comunismo é a igualdade de oportunidades. E mesmo assim a minha crença metafísica diz-me que nascemos nas circunstâncias que escolhemos para que possamos superar "traumas" de vidas passadas.

Ou seja: Eu podia ter escolhido nascer numa família indigente que vive em barracas para aprender a respeitar a pobreza, por exemplo.

Portanto... talvez nem precisemos de igualdade de oportunidades para evoluirmos. Cada um tem os seus própios desafios. Temos a obrigação de lhes dar a volta e aprender a ser felizes com o que vamos conquistando (seja lá o que for).

Sim, eu sei. Tudo isto é discutível.

Mais Notas Soltas disse...

Não era bem isso que diziam Marx, Lenine, Staline e Álvaro Cunhal.

Anónimo disse...

This is very interesting site... sharp copiers and printers pamela anderson string buy oxycontin with no prior perscription getting a face lift Free information on acyclovir Scandisk mp3 player Laptop computer internet security

Anónimo disse...

This is very interesting site... » »