sexta-feira

Aquele verde


A cor verde pintada de memória, recuperada à infância do nosso quarto.
Neste teatro, em Londres, todas as áreas das janelas estão pintadas do mesmo tom de verde, embora as tintas sejam todas diferentes. Uma é óleo, outra acrílico, outra tinta de água e a última é a que habitualmente é utilizada pelos miúdos na escola. A primeira parte do trabalho já está feita. Agora, é só esperar que a luz solar faça o resto. Daqui a seis meses, a luminosidade já deteriorou alguns pigmentos e é altura de fazer nova sessão fotográfica. E daqui a um ano, a cena irá repetir-se. Um trabalho de arte pública da artista portuguesa Sónia Almeida.

4 comentários:

escola de lavores disse...

Vamos querer ver isso! ...daqui a seis meses, é? Ainda cá estaremos. E vai mostrando outras coisas. Gosto da 'arte pública' mesmo quando é muito mais que graffitis.

cardeal patriarca disse...

Que o Senhor vos acompanhe na Páscoa da Ressureição.

Não se esqueçam de beijar a cruz pascal e depois virem de lá agnósticos.

Vosso
Cardeal

madalena disse...

É bom saber que há portuguesas a dar cartas na arte urbana por esse mundo fora

Anónimo disse...

This is very interesting site... » »