segunda-feira

Responsabilidade social

Só a expressão me irrita. É das maiores hipocrisias dos últimos tempos. Hoje, como jornalista, preenchi um inquérito sobre o que importa num relatório de sustentabilidade e mais uma vez tive de dedicar preciosos minutos do meu tempo a este tema que abomino. Mas foi precisamente para demonstrar a minha posição que preenchi o raio do questionário.

Como é possível uma empresa auto-intitular-se socialmente responsável quando os seus colaboradores trabalham 10-14 horas por dia e chegam ao fim do mês, invariavelmente, a contar tostões?

3 comentários:

lr disse...

Concordo a 100%. E os negócios que vivem à sombra da dita "responsabilidade social"? É uma moda, mais uma, que passará - espero. Mas é triste que vivamos nestes 'fogachos'. Apesar de tudo, de vez em quando encontra-se um empresário que não tem pejo em assumir que se está nas tintas para isso, e prefere apostar nas condições de trabalho, salário, estruturas de apoio, etc. para os trabalhadores. Ainda há pouco encontrei um.

Ana disse...

Não podia concordar mais!

Anónimo disse...

Very cool design! Useful information. Go on! Bodybuilding biography how to fix dishwasher Enlargement penis pill recommendation Trading strategies using options and currency How the football got it's shape Swift camcorders upcoming chrysler cars Houston 2b hummer 2b limo 2b rental effexor premature ejaculation Footwear football adidas Budget car sales baton rouge cadillac deville problems