quinta-feira

Desabafo de uma mãe da linha

O ministro da Saúde anunciou ontem, no parlamento, o encerramento de maternidades por esse país fora. Só tenho pena de que, ao contrário do que foi avançado na semana passada, Cascais tenha ficado de fora da decisão política. Vou continuar com uma morada falsa no meu BI para, em caso de necessidade, ir parar a um qualquer hospital de Lisboa. Vou continuar a mentir ao Estado porque na maternidade de Cascais é que não me apanham !

1 comentário:

Ana disse...

Curioso... ontem pensei o mesmo enquanto ouvia as notícias na rádio de regresso a casa...
Disse para dentro "eu é que não ponho lá os pés"... também não percebo porque razão é que Cascais ficou de fora... aquela maternidade não tem condições nenhumas... e tanta notícia correu com exemplos concretos para agora ficar tudo na mesma. Não percebo.